sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Ao dono do restaurante universitário Pety-Toy


no restaurante

sempre pensei ser mais elegante
os pássaros que comem os grãos
aos humanos que  empunham
garfos e facas nas mãos

pensei serem mais educados
os cães que aguardam os restos
do que aqueles que se fartam
de suas próprias melancolias

eu que não concordo com o preço da marmita
mas graças a deus tenho grana para desdita
e posso arrotar em satisfação em pleno meio dia,

peço ao dono do restaurante que desta vez,
não mande embora nossos nobres visitantes,
caso contrário o senhor perdeu o freguês

Nenhum comentário:

Postar um comentário