sábado, 23 de junho de 2012


PAUSA


Final de tarde! Tinta nacarada
espalha-se na linha do horizonte,
onde a figura surge destacada
dos culminantes píncaros do monte.

Sonorizando a página encantada,
na mata o murmurar da clara fonte,
unindo-se ao cantar da passarada,
faz que maviosa música desponte.

Dizendo adeus à terra, que adormece,
o sol cerra seus olhos rutilantes
numa atitude mística de prece

à Deusa Noite, cujo toque manso
à terra embala em seus braços amantes
para dar-lhe um plácido descanso.

Horácio Ferreira Portella (12∕02∕1934 RJ - 22∕06∕12 Piraqura∕PR)
1998

PORTELLA, HORÁCIO FERREIRA. Conversejando. Curitiba. Editora do Autor, 1998

Nenhum comentário:

Postar um comentário